Login:
  Senha:
 




 

  Login:
 Senha:
 




 
 
 

CURIOSIDADES

     

O que o "Peru" (país) e a "Turquia" têm em comum?
Por que chamamos uma ave de peru ("Peru"), os povos de língua inglesa chamam de turkey("Turquia") e os de língua francesa de d'Inde ("da Índia"), se ela não é originária de nenhum desses três países?
Em inglês, o substantivo Peru se refere unicamente ao país vizinho do Brasil cuja capital é Lima. Para se referir à ave peru, use a palavra Turkey. Por uma dessas coincidências incríveis, o único país da língua inglesa que compartilha seu nome com o de um animal é a Turquia. Em inglês, a palavra turkey pode tanto significar Turquia (país) quanto peru (animal), sendo o nome do país grafado com letra maiúscula.
O curioso é que a ave, o tradicional peru do Natal (ou, para os americanos, também do Thanksgiving, o dia de ação de graças), apesar dos nomes, não é originária de nenhum desses países, e sim do México e do sul dos Estados Unidos. Mas há uma explicação para isso.
Pois então: a pátria do peru é o território hoje designado por México, e foram os astecas os primeiros a domesticá-lo. Como ave selvagem, existia também nos territórios dos Estados Unidos de hoje.
Deveria então chamar-se “galo do México”? Saiba que os mexicanos não o chamam assim. No México éguajolote, um termo da língua nativa azteca, que significava “grande monstro”. A atribuição desse horrível nome ao pacífico “glu-glu” tem origem numa antiga lenda local, que não vem agora ao caso.
No Peru (país) é que ele não existia, nos princípios da colonização.
Mas para os portugueses, naquela altura, tudo quanto fosse território espanhol nas Américas era Peru.
E dai, quando os espanhóis trouxeram a ave para Espanha, e lhe chamaram “pavo”, ou seja “pavão” (que eles distinguiam chamando a este último de “pavo real”), os portugueses deram-lhe o nome de “galinha do Peru” ou “galo do Peru”.

 

Peru, por sua vez, é um nome geográfico de origem ambígua, provavelmente vem da palavra nativa Birú, que significava rio, ou do nome de um chefe indígena.
Foram os mercadores do Mediterrâneo Oriental que levaram o peru até as ilhas britânicas. E, como para os ingleses tudo que se referia ao Levante era Turco, o pássaro foi batizado de turkey, nome pelo qual, hoje, é mais universalmente conhecido, graças à expansão da língua inglesa.
O turkey dos ingleses designava, a princípio, outra ave: a galinha-d’angola. Depois de certo tempo, os súditos da rainha descobriram que a galinha-d’angola não provinha da Turquia e deram-lhe outro nome: guineahen, ou seja, "galinha-da-guiné" (veja a figura ao lado). Quando o peru chegou à Inglaterra, no século 16, os ingleses viram então uma oportunidade de recuperar o nome turkey, batizando a ave procedente do Novo Mundo com esse nome.

Já na Turquia não é assim. Chamam-lhe hindi. Pois não veio ele das Índias Ocidentais? E também em francês, pela mesma razão, hoje chama-se dinde, uma contração do original “coq d’Inde”.
A história da dinde dos franceses é parecida com a de turkey. É que no início os franceses chamavam dedinde a galinha-d’angola. Até que no ano de 1532, quando o peru chegou à França, os franceses resolveram que dinde passaria a ser o nome da ave importada da América. Na França, dinde é a fêmea do peru, ou seja, é a perua. O macho é dindon. Mas, diferentemente de nós, os franceses preferem a forma feminina.

É, portanto, uma ave com muitas pátrias.

Origem da língua Inglesa
Origem da língua espanhola

 
 
 
 
 
 
 

Estado:

Cidade:
Unidade:


 
. Encontre-nos no Facebook . Siga-nos no Twitter .
 

.
.
.
.

 

CURSOS

Inglês | Espanhol | Intercâmbios

A EMPRESA

Quem Somos | Nossa História | Metodologia

 
  USA International - todos os direitos reservados    
 
entrar entrar Parceiros O método cursos Curiosidades Intercâmbio